Caminhando Entre Livros!

Um Blog especial para você que é apaixonado(a) por livros, cada dia indicaremos um livro para você. E muitas outras novidades!
https://caminhandoentrelivros.com.br/wp-content/uploads/2020/09/BLOG_libros-recomendados-para-personas-exitosas-670x419-1.png
https://caminhandoentrelivros.com.br/wp-content/uploads/2020/04/floater-2.png
bt_bb_section_bottom_section_coverage_image

Dica de
Filme

Olá Literários!
Dica de Filme dessa Sexta aqui no Caminhando Entre Livros é um filme que nos faz pensar:
Viagens
Curiosidades
Lugares diferentes
Fotografias
Muita conversa boa
Dinheiro e Fama
https://caminhandoentrelivros.com.br/wp-content/uploads/2020/09/Untitled-8.png
https://caminhandoentrelivros.com.br/wp-content/uploads/2020/09/budapest_01.png

Beco da Ilusão: um turbilhão de acontecimentos em meio ao caos do holocausto

Resenha:

Antes de começar a falar sobre o livro, preciso dizer que conheci a autora. Era um sábado e, depois do trabalho, fui a um shopping localizado no centro de BH. Havia um estande montado na Livraria Leitura e eu resolvi entrar. Uma mulher simpática veio até mim com dois livros nas mãos, era a escritora Mallerey Cálgara. Ela me apresentou os livros “Beco da Ilusão” e o primeiro livro da trilogia “O Segredo da Caveira de Cristal”,  disse que ficaria feliz se eu levasse um e se afastou.

Li o resumo dos dois livros, e confesso que não botei fé, mas devido a simpatia da autora apostei em “Beco da Ilusão”. O tema era bom! Comprei o livro, peguei o autógrafo dela e quando fui ler, me surpreendi. Primeiro porque ele tem uma nota da autora que é intrigante. Ela explica que o livro se baseia em fatos reais e ficcionais, mas a abordagem do livro é real na minha opinião. Traz a história de Yidish, Núria, Sarah… Não importa! São todas a mesma pessoa. Sarah é de uma família judia que vê sua vida mudar após os nazistas chegarem ao poder. Ela é levada para o campo de concentração onde sofre todo o tipo de pressão,  física ou psicológica. Vê a morte de perto. Quer morrer, mas fica viva. Não por força ou por sorte. Ela fica viva pelo amor. Um amor difícil, que tem a missão de sobreviver ao tormento do holocausto.

“Beco da ilusão”,  relata o drama vivido por famílias, as perdas, o fim dos sonhos, a fome, a morte, e a dura obrigação de ser quem você não é. É um livro bem escrito, agradável, mas com muito sofrimento. E não é para menos! Como falar do holocausto de uma forma diferente? Cada virada de página era mais difícil continuar lendo, porém, mais vontade eu tinha de ler. Confesso que demorei pra terminar.

É impossível não se chocar, não sentir raiva, não chorar lendo “Beco da Ilusão”, apesar de provocar sensações distintas, e de ser difícil ler rápido. É um livro bem escrito, que vale a pena principalmente porque te faz pensar, refletir e entender o sofrimento dos que sofreram nas mãos de Hitler.

Resenha: Conto de halloween para a noite das bruxas

Resenha:

O fantasma ganancioso

Anita era uma menina que acreditava na existência de fantasmas e ao aproximar-se o Dia das Bruxas ou Halloween, só queria sair à procura de guloseimas, na esperança de encontrar um fantasma assustador para apanhar um bom “susto”. Escusado será dizer que Anita adorava histórias de terror.

Na noite de 31 de outubro, mascarou-se e com os seus amigos foi procurar doces e um pouco de aventura. Quando voltou para casa depois do jantar e já sem o disfarce, encontrou um bom local para guardar todos as guloseimas que tinha ganhado, escondendo-as bem, pois não queria partilhá-las com ninguém. Pouco depois adormeceu. À meia-noite, um barulho acordou-a, e de imediato pôs a cabeça de fora dos lençóis. Que susto! Aos pés da cama estava nada mais nada menos do que um… fantasma!

Todo de branco, deslizava, flutuando. Anita observou-o atentamente e quase sem respirar. De repente, o fantasma desapareceu. De manhã contou à sua família o que tinha acontecido durante a noite. A sua mãe tentava em vão convencê-la que tudo não passara de um sonho mas Anita insistiu que os pais a acompanhassem até ao quarto. Aí, Anita indicou o local do aparecimento do fantasma e… surpresa!

O esconderijo das guloseimas tinha sido assaltado! Não havia sinal dos caramelos, dos chocolates, nem dos chupas, conseguidas com tanto esforço no dia anterior. Teria sido o fantasma? Os fantasmas comem doces? Hoje, 22 anos depois, Anita ainda não tem respostas e os cientistas também não sabem em que consiste a dieta de um fantasma. O que Anita sabe é que se tivesse partilhado os seus doces naquele dia com os pais e irmãos não teria ficado sem eles. Por isso, neste Halloween, partilha os teus doces com quem puderes. Não esperes que seja um fantasma a comê-los!

Contos Hot: A bela e a Fera: Perdida em um livro

Resenha:

Os encantadores e misteriosos personagens que ela encontra nas páginas desse livro lhe oferecem uma conversa agradável, uma vida deslumbrante, com todo o luxo parisiense e até mesmo permitem um encontro que ela nunca imaginou ser possível. Ali, Bela pode ter tudo o que sempre desejou, no entanto, algumas indagações permeiam essa aventura que beira a perfeição: será que Bela pode confiar nos novos companheiros que encontrou nas páginas de Nunca Mais?

Esse mundo é mesmo real? E seus amigos que permaneceram no castelo da Fera, ela nunca mais os verá? Bela precisa responder todas essas questões e descobrir a verdade sobre o livro antes que se perca nele para sempre.

Presa no castelo da Fera, Bela acostumou-se à sua nova casa e fez amizade com todos que ali viviam. Quando ela encontra Nunca Mais, um livro encantado diferente de qualquer outro que já havia visto no castelo, Bela se perde em suas páginas e é transportada para um mundo de glamour e intrigas. As aventuras que sempre imaginou, os sonhos dos quais foi forçada a desistir quando se tornou prisioneira, tudo parece estar ao seu alcance novamente.

Resenha de livro: Inferno - Dan Brown

Resenha:

Robert Langdon é um professor de simbologia da Universidade de Harvard, claustrofóbico e que possui um relógio edição especial de colecionador do Mickey. Já conheceu o mundo inteiro, inclusive, sobreviveu a uma explosão no Vaticano, uma perseguição religiosa em Paris e desvendou mistérios maçônicos que rondavam o capitólio nos EUA. Claro, me esqueci de falar que o professor é uma espécie de Indiana Jones com terno Tweed. E sim, ele está de volta em Inferno, a mais nova obra do escritor Dan Brown.

Depois de acordar com amnésia em Florença, Itália, Langdon passa o tempo todo fugindo de assassinos ao lado da misteriosa e inteligentíssima dra. Sienna Brooks. Como consequência de sua amnésia, Langdon tem pesadelos com rios de sangue, pessoas mortas e uma mulher de cabelos prateados que lhe diz uma frase enigmática: “busca e encontrarás”. A sua única pista para desvendar o mistério sobre como foi parar na Itália, quem está o perseguindo e o porquê de sonhos tão incomuns é um pequeno projetor que mostra a tela de Botticelli Mappa dell’Inferno, que logo Langdon percebe ter sido adulterado.

Enquanto isso, uma agência secreta a bordo do navio Mendacium, especializada em ajudar seus clientes a realizar propósitos escusos, está prestes a revelar para o mundo os segredos obscuros de um cliente paranoico que colocou toda a humanidade em perigo e se suicidou.

Após quatro anos do ultimo lançamento, Dan Brown mostra que não se esqueceu da fórmula do sucesso e emplaca mais um best-seller com característica única: A facilidade de fazer seu público imaginar os acontecimentos do livro como se fossem filmes. Parece que o escritor faz a história já pensando em ajudar no trabalho do roteirista. Inferno não é diferente.

Todos os elementos estão bem explícitos para aqueles que leram outras obras de Brown: A garota que acompanha o protagonista, o fanático que busca impedi-lo de ir adiante, a entidade grandiosa por trás dos acontecimentos, e muita aula de história, algo que não pode faltar. Neste caso, nos sentimos praticamente ao lado de Robert Langdon em Florença, e, ao contrário dos anteriores, tudo é muito bem explicado nos seus mínimos detalhes, o que facilita muito a leitura. Confesso que mesmo gostando da Divina Comédia, nunca tive interesse na cidade, mas o professor fez com que eu buscasse conhecer todas suas origens e obras por onde passa.

Filme dessa Sexta - Golpe Duplo

Resenha:

Há anos que o público brasileiro acompanha a carreira internacional de Rodrigo Santoro com atenção. Desde a estreia muda em As Panteras: Detonando (2003), o ator avançou bastante, mas ainda não emplacou um protagonista forte em Hollywood. Em Golpe Duplo, a maré segue sem mudanças para o lado dele. Rodrigo reafirma a parceria com os cineastas Glenn Ficarra e John Requa (O Golpista do Ano, 2009) e vive o antagonista do filme. A história gira em torno de Nicky (Will Smith), um golpista profissional. Depois de um trabalho triunfante em Nova Orleans, ele dispensa a namorada Jess (Margot Robbie), apesar de ter sentimentos por ela.

Anos depois, Nicky está em Buenos Aires, onde trabalhará para o empresário espanhol Rafael (Santoro). Ele foi contratado para enganar os concorrentes, mas o golpista terá dificuldades em manter a concentração porque Jess está por perto. Ela largou a vida de crimes e namora Rafael.

Golpe Duplo aposta em reviravoltas de roteiro e em planos mirabolantes, com uma história de amor para garantir a simpatia pelo protagonista – a mesma receita da franquia iniciada por Onze Homens e um Segredo (2001). Entretanto, depois que o espectador se habitua à fórmula, fica mais difícil ser enganado pelo enredo, que não dá conta de criar armadilhas convincentes.

Sítio do Picapau Amarelo (Bandeirantes)

Resenha:

Dona Benta é uma velha senhora que vive no Sítio do Picapau Amarelo, afastada do barulho e da correria da cidade grande. A cozinheira Tia Nastácia compartilha dessa vida calma fazendo quitutes para a sinhá e sua neta, Lúcia, mais conhecida como Narizinho. Vivendo sozinha e tendo apenas as duas mulheres idosas como companhia, a menina cria um mundo de fantasias do qual a personagem principal é a sua boneca Emília, feita com restos de pano por Tia Nastácia.

Um dia, Narizinho conhece o Príncipe Escamado, soberano do Reino das Águas Claras que, por coincidência, fica localizado no ribeirão do sítio. O príncipe fica encantado com a menina e a convida a conhecer seu reino. Lá, ela é apresentada aos mais proeminentes súditos de sua majestade, como o Doutor Caramujo, um renomado cientista que dá à boneca Emília a pílula falante. Depois que ingere o remédio, Emília começa a falar e não para mais.

Durante o período de férias escolares, Narizinho tem como companhia o seu primo Pedrinho, que estuda na cidade grande, onde vive com sua mãe. O menino também tem um amigo montado por Tia Nastácia, o Visconde de Sabugosa, feito de uma espiga de milho velha, que também ganha vida. Por ter sido esquecido por um bom tempo em meio aos livros, o Visconde adquiriu uma admirável sabedoria, tornando-se um intelectual e cientista.

Tudo é possível no Sítio do Picapau Amarelo. A fantasia se mistura com a realidade fazendo parte do cotidiano da menina Narizinho e de seu primo Pedrinho. E são com personagens adultos que as crianças compartilham suas aventuras em um mundo fantástico, onde transitam a boneca Emília, o Visconde de Sabugosa, o Saci Pererê, a Cuca e outros personagens fantasiosos.

Resenha: Insensatez - Gisele Galindo e Josy Stoque

Resenha:

Marco não queria se comprometer com mulher alguma e sua ambição o levou para um caminho bem distante de Isadora. Anos mais tarde, o destino decide que é o momento de se reencontrarem e resolverem o que ficou pendente no passado. Os sentimentos antigos soltam faíscas e a atração entre eles é explosiva, impossível resistir. Mas será que Isa pode confiar em alguém que já a deixou? E Marco, permitirá que o amor o transforme em um homem de uma mulher só?

“Amar pode ser uma Insensatez”

Essa frase define este livro! Insensatez é um livro escrito em parceria pelas autoras Gisele Galindo e Josy Stoque, e sério, você não consegue saber onde uma começa e a outra termina de tão intenso que é o enredo e a escrita das autoras.

Aqui, vamos conhecer Marco e Isadora, ambos tiveram um namoro na adolescência, mas que não rendeu muito. Marco ganhou fama como modelo e deixou Isa pra trás. Sozinha e abandonada, Isa continuou sua vida e se tornou uma das melhores fotógrafas do mundo. Todo seu amor vai para suas fotos, sua vida é toda certinha e sem erros, até reencontrar Marco.

“E como se atendesse a um chamado que não pude ouvir, ela se virou na minha direção.
Os anos não passaram.
Não.
Eles voltaram.
Tinha de novo vinte anos de idade e estava diante da mais bela e forte moça que já conhecera na vida.(…) A mesma profundidade que encontrara naquele olhar negro em outra época ainda existia, salientada por seu rosto claro. Podia mergulhar agora.” – Marco

bt_bb_section_top_section_coverage_image
bt_bb_section_bottom_section_coverage_image
https://caminhandoentrelivros.com.br/wp-content/uploads/2020/01/girl.png

Todos os dias teremos
NOVIDADES!!

Venha fazer parte da nossa equipe! Preencha esse formulário e mande livros que gostaria de ver por aqui. Indique nossas páginas para outras pessoas!!
  • Preencha o fomulário abaixo.

Caminhando

Entre Livros!

Copyright 2018 by Apaixonadas por Livros – Todos os direitos reservados!

Copyright 2018 by BoldThemes. All rights reserved.

bt_bb_section_top_section_coverage_image