Sítio do Picapau Amarelo (Bandeirantes)

Resenha:

Dona Benta é uma velha senhora que vive no Sítio do Picapau Amarelo, afastada do barulho e da correria da cidade grande. A cozinheira Tia Nastácia compartilha dessa vida calma fazendo quitutes para a sinhá e sua neta, Lúcia, mais conhecida como Narizinho. Vivendo sozinha e tendo apenas as duas mulheres idosas como companhia, a menina cria um mundo de fantasias do qual a personagem principal é a sua boneca Emília, feita com restos de pano por Tia Nastácia.

Um dia, Narizinho conhece o Príncipe Escamado, soberano do Reino das Águas Claras que, por coincidência, fica localizado no ribeirão do sítio. O príncipe fica encantado com a menina e a convida a conhecer seu reino. Lá, ela é apresentada aos mais proeminentes súditos de sua majestade, como o Doutor Caramujo, um renomado cientista que dá à boneca Emília a pílula falante. Depois que ingere o remédio, Emília começa a falar e não para mais.

Durante o período de férias escolares, Narizinho tem como companhia o seu primo Pedrinho, que estuda na cidade grande, onde vive com sua mãe. O menino também tem um amigo montado por Tia Nastácia, o Visconde de Sabugosa, feito de uma espiga de milho velha, que também ganha vida. Por ter sido esquecido por um bom tempo em meio aos livros, o Visconde adquiriu uma admirável sabedoria, tornando-se um intelectual e cientista.

Tudo é possível no Sítio do Picapau Amarelo. A fantasia se mistura com a realidade fazendo parte do cotidiano da menina Narizinho e de seu primo Pedrinho. E são com personagens adultos que as crianças compartilham suas aventuras em um mundo fantástico, onde transitam a boneca Emília, o Visconde de Sabugosa, o Saci Pererê, a Cuca e outros personagens fantasiosos.

Caminhando

Entre Livros!

Copyright 2018 by Apaixonadas por Livros – Todos os direitos reservados!

Copyright 2018 by BoldThemes. All rights reserved.

bt_bb_section_top_section_coverage_image